EVOLUÇÃO HISTÓRICA

           Em maio de 1939, houve a primeira tentativa oficial de organizar a assistência social na PMPE com a criação do Plano de Assistência Social em caso de falecimento, chamado auxílio enterramento.

              No ano de 1954 surgiu o Serviço de Assistência Judiciária Criminal e o Núcleo da União Católica dos Militares da PMPE que deu origem a denominação de SAS – Serviço de Assistência Social.

         Em 1956 surgiram outros serviços, tais como: doação de enxovais, berços e medicamentos, distribuição de queijo e manteiga exclusivamente para cabos e soldados, surgindo desse modo a denominação: DAI – Departamento de Assistência a Infância.

           Finalmente, em 24 de outubro de 1975, foram iniciadas oficialmente as atividades do CAS – Centro de Assistência Social da PMPE, por meio da publicação da Lei de Organização Básica da Corporação Nº 6.772 de 03 de Outubro de 1974.

Atualmente o CAS-PMPE procura constante atualização visando oferecer benefícios e prestações de serviços, face às demandas e necessidades psicossociais da família Policial Militar de Pernambuco.

            OBJETIVO GERAL

        Contando com a contribuição pecuniária voluntária dos integrantes da PMPE, o Centro de Assistência Social – CAS, visa desenvolver programas e atividades de cunho psicossocial que beneficiem toda a família Policial Militar.

 

     

         

          CHEFIA DO CAS-PMPE

          O Centro de Assistência Social da PMPE atualmente é chefiado pela Cel QOPM Valdenise da Silva Salvador